Tempo de leitura: 4 minutos

Criar uma infraestrutura de Wi-Fi eficiente dentro da organização é um grande desafio, pois são vários pontos a serem considerados para garantir a cobertura de todas as áreas da empresa e evitar locais descobertos.

Com a necessidade de mobilidade e tendências como o Bring Your Own Device (BYOD), uma boa infraestrutura de Wi-Fi é demanda fundamental dentro de qualquer tipo de organização, desde pequenas empresas até grandes corporações.

Neste post, nosso objetivo é fornecer a você um passo a passo simples de como montar um ambiente de Wi-Fi eficiente para atender a todas as demandas de mobilidade dentro de sua empresa. Continue conosco e boa leitura!

Planejando a infraestrutura

Cerca de metade do tráfego de acesso à internet hoje no Brasil é realizado por dispositivos móveis, uma tendência que vem se reforçando nos últimos anos e deve crescer cada vez mais. A mobilidade corporativa é uma demanda fundamental nos negócios do mundo digital.

Contudo, esse crescimento do acesso e da demanda por sinal sem fio esbarrou no problema da falta de infraestrutura das redes Wi-Fi atuais dentro das organizações, que foram, geralmente, instaladas apenas para fornecer uma opção, sem pensar em escalabilidade.

Isso afetou diretamente a eficácia das redes sem fio, causando lentidões, problemas de queda de sinal e vulnerabilidades de segurança. Esses desafios levaram muitas empresas a buscar alternativas e investir em um planejamento de estruturação do Wi-Fi.

Na hora de planejar uma nova rede, o primeiro ponto é entender quais são as necessidades de sua empresa e os objetivos a que a rede sem fio deverá atender no dia a dia. Informações como o número de dispositivos e demanda de conexão determinarão as especificações necessárias para a infraestrutura.

É preciso analisar o ambiente e levantar as necessidades que deverão ser atendidas, não se atentando apenas à situação atual, mas também verificando quais serão as demandas futuras para garantir a escalabilidade e evitar problemas.

Entre as questões a serem analisados, estão:

  • quais serão os propósitos da empresa?
  • qual a área de cobertura a ser abrangida pela infraestrutura?
  • quais as condições do ambiente no qual será instalada a infraestrutura?
  • qual o número de dispositivos que serão conectados?
  • qual o número de usuários que utilizarão a infraestrutura diariamente?
  • será implementada uma política de BYOD?
  • quais regras de segurança da informação serão inseridas na infraestrutura?

Com a resposta para todos esses pontos, já é possível começar a buscar por tecnologias e ferramentas que permitam criar um rede Wi-Fi de qualidade e que atenda a todas as demandas atuais e garanta a escalabilidade.

Montando a infraestrutura

A instalação dos equipamentos é a segunda preocupação na hora de implantar uma rede Wi-Fi corporativa eficiente. É preciso determinar os locais em que serão instalados os roteadores e quais tipos de dispositivos serão utilizados.

Para isso, deve-se se atentar aos pontos determinados no planejamento, verificando qual a área de cobertura esperada para a rede e a força do sinal emitido pelos equipamentos para chegar a todas os locais.

Vários obstáculos podem causar interferência do sinal de rede e prejudicar a utilização por parte dos usuários. Dessa forma, na hora de montar a infraestrutura de Wi-Fi, deve-se levar em consideração também a geografia do escritório. Quanto mais centralizados os equipamentos roteadores, melhor a qualidade de sinal.

Durante a montagem, é fundamental criar um mapeamento de rede, no qual seja possível visualizar um croqui de toda a empresa com o cabeamento de distribuição de sinal e todos os equipamentos que fazem parte da infraestrutura, garantindo assim mais controle.

Realizando os últimos ajustes na infraestrutura

Após planejar e montar sua infraestrutura de Wi-Fi, é preciso realizar os últimos ajustes para garantir a segurança dos sistemas da empresa e o melhor aproveitamento e conectividade das redes sem fio.

Configuração

Todo roteador e equipamento de rede vem configurado de forma básica pelo fabricante. Antes de liberar sua utilização, é preciso realizar uma configuração avançada para obter melhores resultados de cada dispositivo.

Senha

A determinação de senhas individuais é uma forma de controle bem determinada e permite aumentar a segurança da rede, evitando assim que pessoas não autorizadas possam ter acesso ao sinal transmitido dentro da organização.

Limitação de usuários

A depender, pode ser interessante criar uma limitação do número de dispositivos que possam estar conectados a um determinado roteador ao mesmo tempo, sendo que quanto maior esse número, mais lenta será a conexão.

Acesso de convidados

Em alguns casos, pode ser necessário permitir o acesso de convidados. O ideal não é fornecer uma credencial para a rede corporativa e, sim, criar uma rede em separado, com menor velocidade para pessoas de fora da empresa.

Política de acesso

Por último, uma política também pode ser interessante, bloqueando o acesso a determinados sites ou palavras-chave que não estejam de acordo com o trabalho exercido na empresa, evitando assim que alguns usuários ocupem parte da rede com atividades descondizentes.

Fazendo manutenção da infraestrutura

Além de planejar e instalar uma rede sem fio, é preciso também realizar manutenções periódicas para manter a efetividade de toda a infraestrutura e garantir que as demandas da organização em mobilidade estão sendo atendidas.

As principais dificuldades que podem ser enfrentadas são a falta de cobertura, necessidade de reparos, problemas de atualização dos equipamentos e baixa velocidade por conta de um número alto de dispositivos acessando ao mesmo tempo por um ponto único.

Esses problemas podem afetar a experiência do usuário e ter um impacto direto sobre a produtividade da empresa, que utiliza sistemas em nuvem ou acesso móvel durante as atividades normais da operação.

Para manter a infraestrutura funcionando corretamente, é necessário ter um olhar constante sobre a manutenção da rede, sendo possível utilizar softwares de controle que permitam uma análise geral acerca de todos os equipamentos e assegurar que tudo esteja funcionando como o esperado.

Outra possibilidade é a contratação de uma empresa especializada. Com o auxílio de profissionais experientes sobre redes sem fio é muito mais simples planejar e implantar uma infraestrutura WiFi eficiente em sua empresa.

A Axes é especializada nesse tipo de serviço e pode ajudar você a criar um ambiente de rede seguro para a sua organização. Entre em contato conosco agora mesmo!