É bastante provável que você não esteja satisfeito com o sistema de interfone atual em seu condomínio. A maior parte dos problemas, conflitos e ineficiências se relacionam à existência de falhas na comunicação. Nesse contexto, o interfone via celular pode ser um verdadeiro divisor de águas.

Abordamos, ao longo deste artigo, os motivos que fazem com que a comunicação seja um dos principais gargalos da segurança condominial, os impactos positivos das novas tecnologias para a superação desses desafios e, por fim, os benefícios do interfone via celular. Boa leitura!

Comunicação: um dos principais gargalos da segurança condominial

A segurança é, sem dúvida, o fator primordial para a gestão de um condomínio, uma vez que ela é capaz de determinar o sucesso ou o fracasso das iniciativas adotadas. Trata-se, em suma, de assegurar a proteção contra acessos que não tenham sido devidamente autorizados e resolver ocorrências antes que se convertam em risco real.

Dessa forma, é possível vislumbrar duas soluções viáveis:

  • assegurar bons treinamentos e capacitação adequada a todos os colaboradores que integram equipes de segurança, dotando-os da preparação necessária para responder prontamente aos mais diferentes acontecimentos;
  • garantir a eficácia do controle de acesso por meio do registro de todas as informações pertinentes e da integração às novas tecnologias, como em um sistema de interfone digital operando num PABX Virtual exclusivo via celular.

Desenvolvimento dos sistemas de comunicação condominiais

Tradicionalmente, um cabo de dois ou quatro fios era colocado em cada apartamento ou unidade, junto a outros cabos (como os de telefone e internet). Equipamentos adicionais eram, então, necessários para dividir os sinais ao longo do caminho para cada unidade.

Os primeiros sistemas analógicos de dois fios só podiam fazer uma chamada da portaria para um receptor específico ou para todos de uma só vez. Isso representava uma profusão de cabeamentos para pouca funcionalidade prática.

O próximo salto foi o sistema analógico de quatro fios, que permitiu que mais chamadas fossem feitas ao mesmo tempo. O sistema propiciou também a introdução do controle automático de entradas e saídas, uma característica muito desejada, sobretudo, pelos condomínios de grande porte.

Isso significava que um entregador de pizza, por exemplo, poderia tocar uma unidade no sistema de interfone e, em seguida, ter o seu acesso liberado.

Os sistemas digitais de dois fios permitiram funcionalidades semelhantes às de um sistema analógico de quatro fios, com melhor qualidade de áudio e vídeo, além de possibilitar ajustes adicionais na antiga infraestrutura analógica.

Hoje em dia, a tecnologia Voice over Internet Protocol (VoIP) já é amplamente utilizada em todos os setores. Os telefones celulares utilizam o VoIP desde que se tornaram digitais. É o caso de sistemas GSM e 3G, que se baseiam em fluxos de pacotes de dados.

Impactos das inovações tecnológicas sobre a segurança do condomínio

A mudança mais recente consiste no fato de que a tecnologia vem sendo realizada no nível do consumidor, com alguns novos dispositivos utilizando o VoIP para obter chamadas mais baratas e fugir das altas taxas das linhas analógicas.

Os sinais das unidades de interfone são controlados por um PABX Virtual, que direciona os sinais de áudio e vídeo para o seu destino, no caso, os celulares dos condôminos. É possível, por meio de um aplicativo, obter um sistema de ramais exclusivo, sem cabos ou fios e fácil instalação.

As estações de interfone estão ficando mais inteligentes devido à sua conexão de rede. Com o uso desses aplicativos no smartphone, basta ter um pacote de dados ou usar o Wi-Fi para se conectar com total segurança entre os apartamentos e a portaria. Tudo isso sem a necessidade até mesmo de um aparelho fixo ou centrais.

É fácil imaginar que ninguém, a não ser o usuário do ramal no celular, tem condições de se autorizar a entrar no condomínio. Ainda que um estranho consiga o número do ramal de determinado morador, não terá êxito ao tentar realizar ligações de um celular sem o aplicativo configurado, pois, tudo acontece dentro do PABX Virtual.

Principais benefícios do interfone via celular

Investir no interfone via celular vale realmente a pena, à medida que apresenta diversos benefícios em comparação às alternativas analógicas. Com efeito, o sistema IP já utiliza a rede existente no condomínio e, conforme mencionado, não depende de cabeamentos e instalações complexas.

Além dessa vantagem inicial, destacam-se:

  • facilidade: como o sistema IP utiliza a infraestrutura que o condomínio já possui, os custos — inclusive de manutenção — e o tempo necessário para a instalação são menores;
  • escalabilidade: é possível ampliar o número de ramais com rapidez e em grande quantidade;
  • mobilidade: a utilização do interfone via celular oferece amplas vantagens em comparação com os sistemas analógicos. Ao usar o softphone (aplicativo) com tecnologia VoIP, o morador pode ligar a partir de qualquer lugar do mundo entre ramais;
  • qualidade: a partir da adoção do interfone via celular, há uma evidente elevação na qualidade da comunicação e segurança do condomínio, pois não existirão interrupções de linhas ou problemas com estática.

A implementação e instalação serão fáceis e rápidas se você contar com o apoio de um parceiro experiente, bem estabelecido e de eficiência amplamente reconhecida, como a Axes.

A solução Axes Talk proporciona comunicação inteligente, a partir do PABX Virtual, viabilizando a utilização do interfone via celular, a adição de novos ramais e a incorporação de recursos e funcionalidades extras, segundo as necessidades do seu condomínio.

Gostou do artigo? Então, entre em contato conosco e conheça as melhores soluções em serviços de gestão de telefonia e internet para o seu condomínio!