Empreendedores, apesar de terem seus negócios impactados diretamente pelas decisões executivas e legislativas do país, devem saber como lidar com essa situação e aumentar a receita de sua empresa, mesmo em tempos de crise econômica.

Para isso, não é preciso tomar medidas drásticas. Basta planejar estrategicamente suas ações e criar alternativas para superar as dificuldades e até crescer nesse período. Quer aprender como isso é possível? Continue a leitura deste post!

Concentre os esforços nas prioridades

Eleja prioridades de investimento, assim como gastos desnecessários ou sobressalentes que possam ser cortados ou reduzidos, para conseguir se manter em meio à crise.

Para isso, faça um mapeamento de processos por meio de uma Análise SWOT — Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats). Identifique forças que possam ser potencializadas e oportunidades que devem ser evidenciadas para não comprometer, em nenhum momento, a receita da sua empresa.

Também é preciso analisar o que ameaça a estabilidade da sua organização, tanto no âmbito interno quanto no âmbito externo, para criar uma barreira e evitar maiores prejuízos.

Use estratégias para aumentar a receita

Cortar gastos é importante, mas o empreendedor deve buscar sempre novas formas de incrementar sua receita. Para isso, crie campanhas de venda e de publicidade, reforce a harmonia entre as equipes de venda e de marketing e o comprometimento com resultados globais para a empresa.

Adote estratégias de upsell e cross-sell para vender mais, promoções exclusivas para clientes mais fiéis e invista no relacionamento em longo prazo com os consumidores da sua marca.

Aposte em políticas de incentivo de funcionários, criando metas individuais e coletivas para serem atingidas. Utilize o método SMART para criar objetivos tangíveis que realmente sejam eficazes na motivação da sua equipe.

Retenha os talentos da sua equipe

Manter sua equipe motivada é o primeiro passo para reter os talentos e diminuir o turnover dos funcionários.

Essa alta rotatividade é prejudicial porque onera o fluxo de caixa com despesas demissionais, possíveis passivos trabalhistas e, ainda, treinamento para um funcionário na nova colocação.

Isso sem contar o tempo para que o colaborador adquira proficiência no seu cargo, que gera taxa de ociosidade na função e baixa temporária na produtividade da empresa.

Compartilhe sempre com todos os envolvidos a situação da empresa e os objetivos de crescimento, para que eles saibam que os resultados dependem do comprometimento de todos.

Transforme custos fixos em variáveis

A terceirização de alguns processos organizacionais pode ser muito positiva para a gestão do negócio.

Além de reduzir a quantidade de atividades que demandam controle gerencial, o que muda o foco do empreendedor para o core business da empresa, quando a parceira é bem escolhida, a qualidade do serviço prestado e a possibilidade de redução dos custos compensam o investimento.

Isso porque custos que seriam fixos para a empresa tornam-se escaláveis, ou seja, acompanham o crescimento da organização e os resultados do negócio.

Fidelize seus clientes

Atrair novos clientes é muito mais custoso para a empresa que fidelizar aqueles que já conhecem a marca. Por isso, para aumentar a receita da sua organização, invista em atendimento personalizado, diferenciais em processos e no relacionamento com o cliente desde o início da compra.

Ofereça descontos, melhore as condições de pagamento e conceda benefícios para clientes recorrentes. Além de aumentar o faturamento do seu negócio, você ainda cria um vínculo de satisfação com sua marca que atrai novos consumidores, justamente pela experiência do cliente fidelizado.

Para aumentar a receita de sua empresa, é preciso planejar bem suas ações e inovar sempre, de forma que sejam adquiridos diferenciais que coloquem seu negócio numa posição acima da concorrência e façam com que seus clientes reconheçam que, mesmo com a crise, seu produto ou serviço são importantes para ele.

Gostou do post? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e ajude outros empreendedores também!